Bate Papo com Hiroaki Kokudai

Bate Papo com Hiroaki Kokudai

É um Bate Papo com Foco em Lean Manufacturing, onde especialistas são convidados à expor suas opiniões, agregar conhecimento e contribuir com suas experiências através de perguntas e reflexões elaboradas por Túlio Martins.

Contatos / Redes Sociais
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/hiroakikokudai/
Email: hirokok@uol.com.br

Hoje convidamos Hiroaki Kokudai para um bate papo descontraído para falarmos sobre suas experiências com o Lean. Hiroaki é Engenheiro mecânico e consultor /professor de Lean com 26 anos de experiência como supervisor e gerente em empresas do ABC paulista e 27 como consultor de ISO 9001, Kaizen, 5S e Lean.

Hiroaki,Como foi seu processo de escolha pela profissão e área de atuação? Lean foi sua primeira opção?

Minha primeira opção foi 5 S pois em 1994 participei de um treinamento de Novos 5S pois o I. E. de São Paulo trouxe um consultor do JICA, o sensei Kenji Nakata.

Da indústria de antes e os modelos atuais o que mais mudou que você pôde acompanhar com a sua experiência? E qual a visão de mudança que você tinha de como seria hoje e como está? Por exemplo tem conceitos atuais de indústria 4.0 hoje, que naquela época já se pensava nisso?

Na década de 1990 não se falava em Indústria 4.0. Se falava em Qualidade Total. Não se falava nem em Seis Sigma. Muitas empresas eram desorganizadas.

Por mais hoje que falamos de novos conceitos como Lean, metodologia ágeis, 5’S sabemos que estes conceitos sempre existiram desde o fordismo, taylorismo e são conceitos mais aperfeiçoados do que realmente novos. Sobre estes conceitos e práticas o que pode nos contar?

Concordo que muita coisa faz parte do bom senso. Em observar as operações e fazer cada vez melhor para ser competitivo e conquistar clientes e, com isso, ganhar mais dinheiro. E, claro, tratar bem os clientes. No Japão se fala: “ Cliente é deus! ” Tratar bem a sociedade também.

As novas tecnologias e recursos atuais contribuíram para evolução da gestão do chão de fábrica? Tem algum exemplo prático que pode nos contar?

Tecnologias como MES (Manufacturing Execution System) que permite saber o OEE de uma linha ou máquina pelo celular ajudam os executivos, mas nunca se pode confiar cegamente nos dados e é necessário ir ao GEMBA para ver por que esse indicador e outros estão baixos. Nada substitui ir ao local onde os fatos ocorrem. No meu canal do YouTube tem um vídeo com título Pergunte “Por Que? ”. Lá conto alguns casos.

E os profissionais atuais tem mais /melhores oportunidades com os novos recursos? Ou têm mais concorrência?

Recursos como os clientes mandarem fotos de melhorias rapidamente usando recursos como o WhatsApp ajudam os consultores a direcionarem para melhores resultados. Mas todos já usam isso. Fazer reuniões usando plataformas como Zoom também são comuns. O diferencial fica no conhecimento de cada profissional.

A partir deste novo cenário que estamos vivendo, quais serão as ferramentas da Qualidade que passarão a ser procuradas com mais ênfase?

São os mesmos de antes: achar os desperdícios e fazer melhorias (KAIZENS) com o envolvimento de todos, com RESPEITO.

Por que o pensamento Lean é importante para empresas neste novo cenário?

Sobrevivência! No e-commerce por exemplo eu adoro quando o entregador manda um SMS dizendo a hora estimada da entrega. Aí eu posso programar minhas atividades. Quem não atender muito bem o cliente não ganha meu pedido. No Japão tem uma palavra para um bom atendimento: OMOTENASHI.

Descreva um problema interessante e como você o solucionou.

Em um grande fabricante de TV em Manaus aplicamos SMED na linha de montagem e a troca de modelos que demorava dez minutos passou a uns cinco segundos. Deixamos tudo preparado ANTES da troca. Simples assim.

Com suas palavras, descreva o que é Lean Manufacturing e quais são os princípios Lean.

O Lean é uma maneira de pensar, uma filosofia. E a iniciativa tem que partir do mais alto executivo da empresa. Ele tem que dar exemplo e cobrar. Ele deve conhecer a essência e algumas ferramentas. Treinar seus diretores e gerentes.

Gostaria que deixasse uma mensagem para os profissionais do mundo da excelência operacional…

Busquem desperdícios, realizem melhorias com respeito e melhorem a felicidades das pessoas e das comunidades que servem. Empresas e pessoas que são “egoístas” tendem a serem desprezadas por clientes e amigos.

Hiroaki Kokudai

2 comentários em “Bate Papo com Hiroaki Kokudai”

  1. Obrigado TULIO pela oportunidade de mostrar como podemos melhorar nossas empresas e o Brasil. Tenho gratidão ao Brasil pois meus pais vieram em 1936 para este lindo país devido recessão mundial que afetou o Japão também. Por que o Brasil não pode ser um dos maiores PIBs do mundo? Falta de 5S no seu conceito mais profundo.

    • Eu que tenho que agradecer, por esta entrevista, muito conhecimento transmitido, sou muito grato por ter aceitado o convite!
      Concordo plenamente com você, falta de 5S, o básico.

Os comentários estão encerrado.