Bate Papo com Antônio Miguel

Bate Papo com Antônio Miguel

É um Bate Papo com Foco em TPM – Manutenção Produtiva Total, onde especialistas são convidados à expor suas opiniões, agregar conhecimento e contribuir com suas experiências através de perguntas e reflexões elaboradas por Túlio Martins.

Hoje convidamos Antônio Miguel para um bate papo descontraído para falarmos sobre suas experiências com o TPM. Antônio Miguel tem mais de 20 anos de experiência em manutenção de máquinas e equipamentos, rotinas e processos, planejamento e controle da manutenção, gestão de indicadores e estratégias da manutenção nas áreas de construção civil pesada, construção mecânica, gasoduto, usinas hidrelétricas, linhas de transmissão, desmonte de rochas, demolição de grande porte, indústria de petróleo e gás, mineração a céu aberto e subterrânea, plantas industriais e químicas.

Antônio,Como foi seu processo de escolha pela profissão e área de atuação? TPM foi sua primeira opção?

Na verdade fui escolhido, desde que saí da faculdade, sem nenhuma experiência já fui para o trecho trabalhando em oficina mecânica, com diploma de engenheiro e durante um ano como assistente para aprender, e foi uma excelente escola. Após fui para uma outra construtora em um programa de Trainee, passando por alguns departamentos e na manutenção meu perfil mais se encaixou, e já se passaram 20 anos na área.

Da indústria de antes e os modelos atuais o que mais mudou que você pôde acompanhar com a sua experiência? E qual a visão de mudança que você tinha de como seria hoje e como está? Por exemplo tem conceitos atuais de indústria 4.0 hoje, que naquela época já se pensava nisso?

A mudança de lá para cá foi um salto gigantesco, uma vez que enquanto se faziam mapas e controles na mão, estudos de falhas eram raros e sem aprofundamento da causa e muita mão de obra pra tudo e quase sempre sem bagagem acadêmica, eram práticos, ensinados nas próprias indústrias por profissionais mais antigos. E, mesmo com uma imaginação muito aguçada, não conseguiria ver que as coisas seriam como hoje, muito se falava na época em robotização, mas a coisa fluiu para além disso.

Por mais hoje que falamos de novos conceitos como TPM, Lean, metodologia ágeis, 5’S sabemos que estes conceitos sempre existiram desde o fordismo, taylorismo e são conceitos mais aperfeiçoados do que realmente novos. Sobre estes conceitos e práticas o que pode nos contar?

Tais conceitos são simplesmente conceitos que aplicados em determinadas linhas de segmentos dão muito certo, em outras não. Mas o segredo de uma manutenção eficiente e eficaz é o engajamento de toda a equipe, que de acordo com a diretriz ou processo adotado, comprem a ideia é façam a diferença.

As novas tecnologias e recursos atuais contribuíram para evolução da gestão do chão de fábrica? Tem algum exemplo prático que pode nos contar?

Quando instalamos um sistema supervisório 2018, conseguimos, em tempo real, monitorar temperatura, carga, velocidade e outras coisas através de sensores instalados em uma planta de beneficiamento de minério, e de acordo com o tempo, o tipo de material ou os gargalos da produção, de uma sala ajustamos e monitoramos toda a planta, extraindo assim como melhor produzir naquele momento com aquelas condições.

E os profissionais atuais tem mais /melhores oportunidades com os novos recursos? Ou têm mais concorrência?

A concorrência sempre existiu, e com tantas informações e tecnologias E recursos a mão, destaca-se aqueles que acompanham as evoluções, sempre em constantes atualizações.

A partir deste novo cenário que estamos vivendo, quais serão as ferramentas da Manutenção que passarão a ser procuradas com mais ênfase?

Principalmente ferramentas que permitam produzir mais a um custo menor ainda, e quem puder investir, irá investir em monitoramento remoto.

Por que o pensamento Manutenção Lean é importante para empresas neste novo cenário?

Simplificando e sendo mais eficiente, todo mundo está atrás disso. E temos muitas ferramentas para colocar isso em prática.

Descreva um problema interessante e como você o solucionou.

Técnicas de manutenção temos e usamos a todo momento, mas o que eu sempre descrevo como solução para problemas de manutenção é capacitação e “fechamento” com a equipe. Nós, gestores, não somos bons gestores se não temos boas equipes, e meus maiores casos de sucesso sempre foram através de recuperação e engajamento de equipes. Simplificando: transformação de equipes.

Com suas palavras, descreva o que é TPM, Manutenção de Classe Mundial e quais são os princípios.

A TPM visa muito evitar perdas de produção evitando falhas já a manutenção classe mundial é a excelência em manutenção com planejamento adequado englobando todos os pilares inclusive o tpm.

Antônio, gostaria que deixasse uma mensagem para os profissionais do mundo da Manutenção de Classe Mundial

Buscar melhoria contínua das novas tecnologias e técnicas sempre aliadas a melhoria como gestor, visando uma equipe bem treinada e comprometida com os objetivos. Isso é sinônimo de sucesso.

Antônio Miguel

2 comentários em “Bate Papo com Antônio Miguel”

Deixe um comentário

WeCreativez WhatsApp Support
Estou disponível para lhe atender, deixe sua pergunta...
👋 Olá, sou o Túlio, como posso ajudar?

tenho uma oferta para você!

E-book-TPM-01

Sua oportunidade de adquirir um manual de TPM Completo para você avalancar os resultados de qualquer empresa + Bônus!