Controle Inicial – 8 Pilares do TPM

Controle Inicial do Equipamento – A medida em que cresce a diversificação de produtos e diminui seu ciclo de vida, cresce em importância o método e modo de aumentar a eficiência do desenvolvimento de novos produtos e dos investimentos em equipamentos. O objetivo do pilar de controle inicial do equipamento é gerenciar o desenvolvimento de novos produtos e processos, com o objetivo de construir e elaborar produtos que sejam fáceis de produzir e equipamentos que sejam fáceis de operar.

Durante a fase de projeto, deve-se levar em consideração alguns fatores que afetam o nível de produtividade do equipamento. Funções e estrutura dos equipamentos, como sua confiabilidade, manutenibilidade, segurança, operacionalidade e custos, devem ser revisados ainda durante as fases de planejamento, projeto e construção.

Inicialmente, para elaborar um projeto de novos equipamentos e ou processos deve-se elaborar uma perspectiva do custo do ciclo de vida (CCV) do equipamento. Os custos do ciclo de vida de um equipamento são gerados durante o planejamento, projeto, produção, operação, manutenção e apoio. Cinco ações auxiliam o cálculo do CCV de um equipamento:

  • Esclarecer a missão do sistema de produção;
  • Formular várias propostas capazes de cumprir a missão;
  • Identificar critérios para avaliar o sistema e técnicas para quantificar esta avaliação;
  • Avaliar as propostas; e
  • Documentar os resultados analíticos e processos.

No projeto de novos processos, deve-se dar importância ao desenho PM (prevenção da manutenção). O desenho PM reduz os futuros custos de manutenção e a deterioração dos novos equipamentos, já que levam em conta, durante o planejamento e construção, os dados de manutenção dos equipamentos atuais e as novas tecnologias, projetando equipamentos com alta confiabilidade, manutenibilidade, economia, operacionalidade e segurança.

Aplicando a gestão inicial do equipamento, controlando o custo do ciclo de vida e projetando o novo equipamento com o conceito de PM, tem-se como resultado uma redução das perdas do equipamento em sua fase inicial de operação. Como consequência, a produtividade ideal do equipamento é atingida em um tempo menor. Todo o ganho obtido durante a fase de planejamento, projeto e início de operação é refletido no índice de custo do ciclo de vida do equipamento.


E-BOOK TPM SIMPLIFICADO (12)

TÚLIO MARTINS