Aplicando o ciclo PDCA

Aplicando o ciclo PDCA na manutenção

O ciclo PDCA foi promovido por Deming a partir dos anos 1950, no Japão, e caracteriza-se pelo simples modo e sistemático com que orienta as pessoas na implementação de ações que visam a mudança, a resolução de problemas ou a implementação de projetos, todas essas situações sendo aplicáveis à manutenção. Portanto a simplicidade do ciclo PDCA faz com que muitos o considerem de forma aligeirada, não o aplicando formalmente. Como consequência, a maioria dos projetos falha ou fica aquém dos resultados esperados.

As fases do ciclo PDCA
As fases do ciclo PDCA

O ciclo PDCA é composto por 4 etapas:

PLAN – Planejamento: Estabelecer claramente as metas e o métodos para alcança-las; definem-se claramente os objetivos da manutenção e as metas relativas aos equipamentos. Isto é feito através da elaboração de um plano de manutenção para um determinado período de tempo.

DO – Execução: Educar e treinar as pessoas envolvidas nos métodos a serem utilizados e colocar o plano em prática;

CHECK – Verificação: Observar a situação e verificar se os resultados do trabalho executado estão progredindo em direção à meta; consiste na avaliação da eficácia do gerenciamento da manutenção através de itens de controle.

ACT – Atuação: Se os resultados não estão progredimento em direção à meta, atuar no processo em função dos resultados obtidos.

Para atingir uma meta, como por exemplo, reduzir o custo de manutenção, reduzir o número de falhas, quebras, entre outras, é preciso seguir metodicamente as quatro fases do PDCA.

De maneira simples, essas fases consistem em:

Na fase de planejamento (PLAN) definir claramente os objetivos da manutenção e as metas relativas aos equipamentos. Assim é feito através da elaboração de plano de manutenção para determinado período de tempo.

Na fase de execução (DO), colocar em prática as ações do plano de manutenção elaborado na fase anterior. A fase de verificação (CHECK) consiste na avaliação da eficácia do gerenciamento da manutenção por meio de itens de controle. Finalmente, na fase de atuação (ACTION) tomam-se medidas de acordo com os resultados obtidos.

Para se estruturar um sistema de manutenção, que tenha o objetivo de manter os equipamentos e instalações sempre em condições de operação, a um custo global otimizado, precisamos estabelecer as etapas necessárias dentro da metodologia. Assim a utilização do ciclo PDCA implica para a organização a previsibilidade dos processos, devido à padronização, com consequente aumento de sua competitividade. Como pode ser utilizado em qualquer processo, de qualquer porte, portanto é a ferramenta ideal para gestão de manutenção, com ênfase em elaboração de programações de manutenções em máquinas e equipamentos.

TÚLIO MARTINS
WeCreativez WhatsApp Support
Estou disponível para lhe atender, deixe sua pergunta...
👋 Olá, sou o Túlio, como posso ajudar?

40%

Off

Você quer solucionar problemas? Então essa é a solução, Planilha PDCA!
Você não pode perder essa oportunidade!